CONSUMATUS EST

Faltava um título em latim aos nossos posts para dar a aparência erudita que o nosso site merece.

Achamos apropriado utilizá-lo agora que acabou o campeonato distrital de ténis de mesa da 1ª divisão do Porto, após a jornada de consagração no Atlântico da Madalena onde vencemos por 4-2, terminando o campeonato com uma única derrota, mas com litros de suor derramados. Os nosso adeptos estavam verdadeiramente entusiasmados.

Parte da Família Tavoleira posou para a eternidade desta vitória.

Agora, para o resto da época, a nossa actividade bifurca-se:
1ª vertente: actividade normal de treinos e participação em torneios e na Taça ATM Porto.
O que vai ser planificado ao pormenor numa conspiração a realizar na 6ª feira, 23/03/2012 às 21 horas na Távola, para a qual estão todos convocados. Daremos notícias.
2ª vertente: Fase de qualificação para o campeonato nacional da 3ª divisão
A subida aos escalões nacionais ainda não está conseguida: Agora, com os vencedores de outros campeonatos distritais da zona norte, vai ser disputada uma fase de subida, em que as duas equipas primeiras classificadas dessa competição, a disputar num sistema de todos contra todos num único fim de semana, conseguem subir.
Essa fase de qualificação vai decorrer em 26/27 de Maio de 2012 e vamos fazer o possível para que seja cá no Concelho de Paredes, já que se trata para nós de um momento único e histórico e em que, por isso, faz sentido que fossemos os seus anfitriões. A nossa máquina de persuasão está em marcha sobretudo com o argumento do galgo (desafiando-se os nossos leitores a decifrar que argumento é este nos comentários).

A nossa preparação decorrerá em duas fases: A fase da espionagem e a fase do apuro técnico.
A fase do apuro técnico só começará depois da Páscoa.
A fase da espionagem (em que a poderosa mão, olho, ouvido, dedo, etc, da Távola actuará da forma subrepticia mas eficaz a que nos tem habituado) começa … agora, e estamos todos convocados a nela participar.
Nela tentaremos obter os dados mais íntimos e secretos, confessáveis e inconfessáveis (sobretudo estes) dos nossos adversários. A vertente de os ameaçar, amedrontar e enfraquecer será efectuada mais tarde. Agora começamos pelo mais importante: Saber quem eles são.

O ano passado na fase de qualificação da zona norte participaram 5 distritos: Braga (Taipas); Porto (Dramático); Aveiro (Sanguedo); Viseu (AEEST Viseu); Vila Real (Arrabães). Qualificaram-se os do Porto e Aveiro.
Este ano, além destes poderão ainda participar (ou não) representantes de Viana do Castelo, Bragança, Guarda e Coimbra. Só o saberemos em 11/05/2012, data em que acabam as inscrições, sendo certo que o mais provável é que não se inscrevam equipas dos 3 primeiros, e a eventual concorrente Coimbrã, escolha a zona sul com receio de
defrontar a Távola, segundo o que nos dizem os nossos informadores.

Quanto ao Distrito de Braga, o nosso adversário será o Bairro da Misericórdia de Braga.
Esta equipa desceu em 2010/2011 do campeonato nacional aos distritais, mas certamente reforçou-se uma vez que terá vencido o campeonato distrital sem qualquer derrota.
Já os defrontamos uma vez na disputa da Taça Calígula, tendo vencido graças ao nosso atleta que infiltramos nas hostes do adversário, se bem se recordam.

Em relação ao Distrito de Viseu a disputa está entre o CARDES e o AV Lamego, com vantagem para esta equipa, que também na época 2010/2011 desceu aos distritais e, por isso, agora, se lograr vencer o campeonato distrital de Viseu, também espreita o regresso aos nacionais.

Quanto a Aveiro também está um campeonato animadíssimo, perfilando-se 3 equipas para o vencer: A equipa B do Clube de Campismo de S. João da Madeira (a equipa A pode subir à 2ª nacional), a equipa C do poderoso Casa do Povo da Oliveirinha (A equipa B não descerá à 3ª nacional), ou a equipa do Colégio de Calvão (que, salvo erro, também já competiu em competições nacionais). Venha o Diabo e escolha, que por nós tanto faz.

Resta o Campeonato de Vila Real. A Serra do Marão está a bloquear todo e qualquer tipo de informação, pelo que é de esperar tudo: Uma equipa masculina do poderoso CTM Chaves, uma equipa B do clube de Vila Real, que procure substituir a equipa A se esta descer de divisão, uma representante Transmontana do género Mirandela C, um Arrabães reforçado, um S. Cibrão ou até um Caça e Pesca da Régua, à procura da glória para os seus jovens e promissores jogadores. No fundo, e por enquanto, uma incógnita.

Continuaremos a fossar para obter informações. A si, fiel leitor, cabe dominar a natural ânsia de saber mais, ou então, procurar também, por meios próprios e impróprios, mais informações e partilhá-las connosco nos comentários.

Advertisements

Sobre Távola

Clube de Ténis de Mesa
Esta entrada foi publicada em Campeonato Distrital, Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s