Távola derrota Alvito e Neves e continua em perseguição à liderança

Nos dois últimos sábados, o Távola venceu por 4-3 as difíceis formações do Alvito e do Neves, colocando-se assim a apenas 3 pontos do 1º lugar da Classificação.

A contar para a 7ª Jornada do Campeonato, o Távola visitou e venceu o CP Alvito, equipa que estava na Liderança da 2ª Divisão Nacional na altura do jogo. Era por isso um jogo que se esperava difícil e que apenas se tornou possível de vencer devido à grande atitude dos Tavoleiros que nunca desistiram nem baixaram os braços.

O Távola esteve por duas vezes atrás no marcador, mas conseguiu dar sempre a volta. Carlos Fagundes revelou mais uma vez a magia e classe de sempre, ao vencer os seus dois encontros. Gonçalo Ribeiro perdeu com os dois jogadores mais fortes da equipa minhota e Vítor Silva recuperou da derrota, vendida cara frente a João Costa, para fechar o encontro frente a Filipe Lobo.

Carlos X. Silva 3-0 Gonçalo Ribeiro
Filipe Lobo 0-3 Carlos Fagundes
João Costa 3-1 Vítor Silva
Silva/Costa 1-3 Fagundes/ Pacheco
Carlos X. Silva 1-3 Carlos Fagundes
João Costa 3-0 Gonçalo Ribeiro
Filipe Lobo 0-3 Vítor Silva

Empenhado pela vitória frente ao CP Alvito, o Távola recebeu em casa o CRC Neves, equipa com a qual o Távola sempre disputou jogos muito equilibrados. Foi um jogo emocionante, mesmo mágico onde após muita luta e autossuperação dos guerreiros do Távola foi possível levar por vencida a equipa adversária.

Apesar de já vários jogos terem sido levados à negra este ano, o encontro frente ao Neves foi sem dúvida o mais emocional da época. Houve de tudo. Momentos bem altos e alturas em que já não havia esperança.

Tudo começou com o herói do costume a dar a liderança ao Távola. Carlos Fagundes venceu com um jogo bem controlado Tiago Amorim por 3-0. Embora não tenha sido um jogo espetacular, Carlos Fagundes desempenhou bem o seu papel.

Tentando aumentar a vantagem tavoleira e garantir um excelente início para o Távola, Nuno Pacheco entrou com tudo frente a Joel Gonçalves. O jogo começou bem para o jovem paredense. Venceu o primeiro set e conseguia controlar o caneteiro. No entanto, Nuno Pacheco não foi capaz de manter a vantagem e acabou por perder por 3-1.

Empatados, Vítor Silva entrou para a mesa para superar Rui Rego. Apesar da vontade e do esforço, o jogador do Távola revelou um mau dia e não conseguiu entrar no jogo do adversário e perdeu por 3-0.

À entrada para o par, o Távola perdia por 2-1, mas Carlos Fagundes e Nuno Pacheco não estavam dispostos a deixar a vitória escapar para Viana do Castelo. E foi nos dois que a recuperação esteve assentada. A combinação que tem melhorado de semana para semana, conheceu neste jogo o seu ponto mais alto. Foi um jogo brilhante que trouxe ao pavilhão um entusiasmo que há muito não se sentia. A dupla venceu por 3-0 e, embora tenha vencido dois sets na negra, nunca pareceu que pudesse perder alguma vez.

Empatados mais uma vez, Carlos Fagundes entrou novamente em ação para começar a selar a vitória. Joel Gonçalves do outro lado estava disposto a não deixar o paredense sorrir. Foi um jogo emocionante, mágico até, onde nenhum dos 12 milhões de telespetadores que viram o encontro pelos 12 canais diferentes que o transmitiram possa dizer que não gostou. Carlos Fagundes começou a perder. Empatou. Ambos os jogadores se pareciam anular um ao outro. No pavilhão, respirava-se emoção. O terceiro set parecia mais do mesmo. Nenhum dos dois se superava ao outro e chega-se ao 8-8 e a tensão aperta.

Carlos Fagundes serve, a bola troca-se algumas vezes. Carlos ataca, a vitória parecia estar próxima, mas o adversário responde, a bola bate na rede, na mesa, um pouco sorte e o paredense responde por recurso. Contra-ataca. Ganha o ponto. Agora o set não poderia escapar, nem escapou.

No entanto, Joel empatou e foi necessário chegar ao 5º set. Nesse, Carlos não deixou escapar a vitória. Comandou o jogo como tem comandado o Távola, vitória após vitória, num rumo que se assemelha à magia de uma orquestra e o seu maestro.

Apesar disso, Vítor Silva voltou a entrar no jogo, mas não conseguiu superar as dificuldades que se colocava a si mesmo. Perdeu por 3-0 e a chama acendida por Carlos parecia agora apagada.

Até porque Nuno Pacheco aparecia claramente como um “out-sider” frente a Rui Rego que estava a revelar imensa qualidade. O jogador do Neves venceu e superou o júnior no primeiro set por 11-6. O Távola começava a desesperar, já não parecia dar, mas o maestro deu a volta à música. Nuno seguiu as ordens dele e agora a música era outra. A chama até estava outra vez acesa e os “Xós” acreditavam cada vez mais que a vitória afinal era possível. E, mostrando toda a qualidade que às vezes fica por mostrar, Nuno Pacheco entrou num ritmo esmagador, venceu dois sets e todos confiavam ao tavoleiro a difícil esperança de fechar a partida. Mas nem foi preciso esperar muito. No quarto set, até parecia que o Nuno era incapaz de falhar. Venceu por 11- 2 e, já nada daquilo cheirava a derrota. Sabia a ritmo, a classe. A orquestra de Carlos voltou a dar provas e venceu um encontro extremamente difícil.

Carlos Fagundes 3-0 Tiago Amorim
Nuno Pacheco 1-3 Joel Gonçalves
Vítor Silva 0-3 Rui Rego
Fagundes/Pacheco 3-0 Amorim/Rego
Carlos Fagundes 3-2 Joel Gonçalves
Vítor Silva 0-3 Tiago Amorim
Nuno Pacheco 3-1 Rui Rego

Na próxima semana, o Távola enfrenta o Bairro e pretende continuar a maré vitoriosa. Por enquanto, a alegria e o bem-estar serão uma constante entre os jogadores de Paredes.

Advertisements

Sobre Távola

Clube de Ténis de Mesa
Esta entrada foi publicada em Campeonato Nacional, Competições. ligação permanente.

Uma resposta a Távola derrota Alvito e Neves e continua em perseguição à liderança

  1. Grão Mestre diz:

    Parabéns ao repórter, mais um pouco e fará esquecer as crónicas do velho cronista.
    Assim dá gosto ser substituído.
    Força Gonçalo Ervim

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s